sábado, 22 de novembro de 2008

40 ANOS: "THE BEATLES"


Já tudo foi dito ou escrito sobre "The Beatles", vulgo "álbum branco", o único duplo álbum da história da música popular anglo-saxónica que alguma esteve classificado no Top de singles !!!!! (e não acredito que vá haver mais algum!).

Até o Vaticano celebrou os 40 anos!

Para sublinhar o pioneirismo do álbum, tentei coligir o que os Beatles fizeram primeiro, antes de todos (vide também "The Beatles", Paul Charles, Pocket Essentials, 2003):

Primeiros a ter um álbum classificado no top britânico de singles com “With The Beatles” (7º lugar em 1963)

Primeiros a conseguir um milhão de pré-encomendas de discos na Grã-Bretanha com “I Want To Hold Your Hand” (1963)

Primeiros a substituirem-se a si próprios no primeiro lugar do top britânico de singles com “I Want To Hold Your Hand” e “She Loves You” (1963)

Primeiros artistas britânicos a conquistar os Estados Unidos (1964)

Primeiros a ocupar os cinco primeiros lugares no top norte-americano com “Twist And Shout”, “Can’t Buy Me Love”, “She Loves You”, “I Want To Hold Your Hand” e “Please Please Me”, em Março de 1964

Primeiros artistas nos primeiros lugares simultâneos da Grã-Bretanha e dos Estados Unidos com “Can’t Buy Me Love” (1964)

Primeiro feedback da música em “I Feel Fine” (1964)

Primeira capa de álbum gatefold com “Beatles For Sale” (1964)

Primeiro fade-in numa canção em “Eight Days A Week” (1964)

Primeiros a usar guitarra wah-wah em “I Need You” (1965)

Primeiro grupo a actuar num estádio (She Stadium, Nova Iorque, 15 de Agosto de 1965)

Primeiro double A side com “Day Tripper/We Can Work It Out” (1965)

Primeiros artistas a realizar videos de promoção com “Day Tripper/We Can Work It Out” (1965)

Primeiro álbum sem o nome do artista na capa com “Rubber Soul” (1965) [não é verdade, ver Stones -1- Beatles -0-]

Primeiros a ser condecorados pela Raínha (MBE)

Primeiro instrumento indiano (cítara) na música pop em “Norwegian Wood” (1965)

Primeira gravação com backwards em “Tomorrow Never Knows” (1966)

Primeiros a desenvolver a utilizar ADT (Automatic Double Tracking) nas gravações

Primeiro grupo a usar o mellotron em “Strawberry Fields Forever” (1967)

Primeiro álbum conceptual com “Sgt Pepper’s Lonely Hearts Club Band” (1967)

Primeiro álbum com as letras impressas na capa em “Sgt Pepper’s” (1967)

Primeiro álbum com canções sem intervalo com “Sgt Pepper’s” (1967)

Primeiro álbum com extras (desenhos, etc) em “Sgt Pepper’s” (1967)

Primeira capa interior protectora do disco a cores em “Sgt Pepper’s” (1967)

Primeiro som inaudível para humanos em “Sgt. Pepper’s” (1967)

Primeiro álbum com loop no fim em “Sgt Pepper’s” (1967)

Primeira canção em directo para todo o Mundo via televisão com “All You Need Is Love” (25 de Junho de 1967)

Primeiro grupo a ter a sua própria loja (“The Apple Boutique”, 07 de Dezembro de 1967)

Primeiros artistas a editar um duplo EP com “Magical Mystery Tour” (1968)

Primeiro grupo com etiqueta própria (Apple, 1968)

Primeiro single com mais de 7 minutos com “Hey Jude” (1968)

Primeiro fade-out longo, de 4 minutos, em “Hey Jude” (1968)

Primeiro álbum duplo de grupo com "The Beatles" (1968)

Primeiro álbum com abertura superior com “The Beatles” (1968)

Primeira capa sem nome e sem artista com “Abbey Road” (1969)

Primeira faixa escondida com “Her Majesty” em “Abbey Road” (1969)

Primeiro grupo com livro com as letras das canções (“Illustrated Lyrics”, 1969)

Primeiro álbum com caixa e livro com “Let It Be” (1970)

Primeiros artistas com 12 consecutivos números um no top britânico de singles

Primeiros artistas com 11 consecutivos números um no top britânico de álbuns (aliás a totalidade da sua discografia oficial)

Primeiro grupo a separar-se!!!

30 comentários:

Rato disse...

Alguém ouviu falar num tema chamado "THINGUMYBOB"?
Aposto que não, eu também nunca tinha ouvido falar.
Acontece que esse tema abre um album instrumental chamado "Bravo Brasso", de The Original Brasso Band, editado em 1969 pela editora STUDIO 2, filial da EMI (nº de catálogo TWO 251).
A nível instrumental é do melhor que tenho ouvido, mas as grandes revelações vêm agora:
a produção é de George Martin (a meias com John Burgess) e o tal tema de abertura tem a assinatura de Lennon-McCartney!!!
Já a seguir no blog do Rato.

ié-ié disse...

Qual versão queres, camarada? A do próprio George Martin ou a original da Black Dyke Mills Band (com produção de Paul)?

É só pedires...

"Thingumybob" é, na verdade, um instrumental-tema de Paul McCartney para a série cómica de televisão com o mesmo nome (London Weekend Television).

O single saiu em Inglaterra no dia 06 de Setembro de 1968 e tem "Yellow Submarine" no lado B.

LT

paulo disse...

IÉ-IÉ, falta só acrescentar uma à extensíssima lista:

Primeiro grupo! (assim, tout court)

Anónimo disse...

Primeiro concept-album, não sei. Muitos indicam o S.F Sorrow dos Pretty Things

medronhex disse...

O primeiro feedback que aparece numa gravação, creio que é num tema do Bo Didlley, muito antes dos Beatles.

josé disse...

Emular seja o que for,a propósito dos Beatles, com o especialista ié-ié, seria estultícia.

Mas o assunto dá pano para mangas e por isso, vou tricotar o meu casaquinho de agasalho, sobre este branco álbum que tanto gozo dá ouvir, 40 anos depois.

Karocha disse...

Eu peço muita desculpa não se zanguem comigo mas , os rapazinhos de Liverpool para mim são como a Madonna!
Gosto de 1 ou 2 nada mais, mais a cara de parvos, não me insultem por favor, como sempre fui maluquinha era e sou Stoniana :-)))

josé disse...

It´s only rock n´roll... and i like it.

Mas, Karocha, aqui o ié-ié, é o especialista máximo em Beatles cá na terra portuguesa.

Acho que ele até conhece muito bem o autor de um livro intitulado Os Beatles em Portugal...

josé disse...

E acho que tem os discos todos, mas mesmo todos do grupo.

E todos os elementos do grupo, incluindo o Ringo, valem, cada um deles, os Rolling Stones, por atacado.

Minha opinião, claro.

josé disse...

Cada um dos Beatles, fizeram em separado, discos de valor. Grande valor.

Nos Stones, Riff Keichards, tem nada. Mick Jagger, tem um ou dois ( um, mesmo bom, com Jeff Beck e outro com Peter Tosh).

Os demais, zero. Mesmo o antigo Monkey Grip pouco vale. E Stone alone do Wood igual.

Em resumo: Beatles 4- Stones- 0

Karocha disse...

Eu sabia que ia ser chacinada lol.

O Ringo bate na mulher, não sabiam?
O Paul tem cara de parvo :-)
O Harrison era o que eu gostava Esoterismo!
Também tinha o álbum branco...
Pertenci às malucas que foram ver os génesis com os bêbedos do COPCON armados de G3S , mas como tenho mau feitio e me zanguei com o meu namorado,comprei o bilhete e quando aquilo começou a aquecer e ele mandou os seguranças buscarem-me para me por a salvo , atirei-lhe com a bota de salto alto, e não fui.
Como uma menina bonita pode ser tão burra...
Já para não falar do Rory Gallaguer...

Jack Kerouac disse...

Que confusão que para aqui vai, há uma coisa que define tudo, os Beatles foram os primeiros a serem os Beatles ! e nada que os precedeu ou que os seguiu lhes chega perto ! Existem mais coisas boas como stones e outros, mas Beatles estão num patamar que é só deles, inatingível. É injusto para qualquer outro grupo, ou artista a solo, ser comparado aos Beatles.

Karocha disse...

Para jack keouac

Ainda bem que vivemos em democracia!

josé disse...

karocha:

Conte lá a do Rory Galagher. É que é um dos meus guitarristas favoritos.

O modo como ele pegava na Martin, para tocar As the crow flies baby...

Fantástico executante de country blues. Tenho vários dvd incluindo o do Irish Tour, 74.

josé disse...

Ou antes, pegava na Martin para tocar Out on western plain

ié-ié disse...

Tem nome de rua em Dublin!

LT

Karocha disse...

O Rory deu 2 concertos em Portugal em 79,acho que foram os últimos.
Um em Cascais e outro no Porto.
O de Cascais não Correu muito bem para mim (O meu namorado era muito ciumento e eu também diga-se de passagem LT)zarpei antes do concerto começar fui para casa e disse que não ia ao Porto.À noite aparece o Carlos Gomes, lá me convence,meto uns trapos numa mala e lá vamos estrada fora atrasados claro! lol
Chegados ao Porto fomos direitinhos para o local do concerto,barraca da grossa as bilheteiras estavam fechadas e só se tinham vendido para ai uns 30 bilhetes,toca de cancelar.
Cancelar uma ova disse eu,fui aos meus trapos vesti uma mini-saia uns sapatinhos de salto alto e disse ao Carlos eu já venho(Os olhos do JA se fossem metralhadoras tinha caído morta logo)fui à rua fazer um bocadinho de publicidade e voltei a correr,fechamos a porta abrimos a bilheteira muito bilhete se vendeu muito homem viu o concerto!eheheheh
Mas ainda há mais conto depois para não vos maçar :-)

ié-ié disse...

Ah! Ah! Estultícia! É uma palavra que eu gosto e utilizo com alguma frequência!

LT

Karocha disse...

Eu sou isso ié-ié? :-(

ié-ié disse...

Credo! "estultícia" não é um insulto!

LT

Karocha disse...

Tá bem pronto!
Mas o fulano encarregue em fazer a publicidade no Porto não tinha feito nada e tinha ficado com o dinheiro, a máquina estava a começar a ser montada, estamos a falar de 79, alguém tinha que fazer alguma coisa!

Jack Kerouac disse...

Isto está a entrar na fase Lucy In The Sky With Diamonds !

Karocha disse...

Está no Sol on line como notícia de última hora que o Vaticano perdoou o Lennon!
Eu pergunto mas quem é que o Vaticano pensa que é?

josé disse...

Ou antes...Get the road Jack. Ahahahah!

Não leves a mal, porque em vez da Lucy acho que estamos,antes, no Yellow Submarine, onde podem entrar as personagens como Dear Prudence ou Martha my dear.

Rato disse...

o Vaticano não "perdoou" coisa nenhuma, Karocha, há por lá muitos rancores. Reconheceu foi a evidência da frase do Lennon e deu a mão à palmatória, just that!

Karocha disse...

Eu sei Rato, rancores, dinheiro, podridão é só trampa...

Rato disse...

Paulo, tiro-te o chapéu! A tua frase "OS BEATLES FORAM OS PRIMEIROS A SEREM BEATLES" diz tudo!
Devia constar, obrigatoriamente, de todos os manuais escolares, para as criancinhas saberem logo que eram OS BEATLES e...todos os outros!

Karocha disse...

LooooLLLLL rato essa teve muita graça.

Vou deixá-los em paz, vou para os blogs da politica.

PS. bastava ter ido ao meu perfil :-)

filhote disse...

Iiiihhhh! Quanta cegueira, senhores!!!

Destruo já a credibilidade da lista aqui editada pelo Ié-Ié, lembrando somente o seguinte facto indesmentível: o primeiro LP Rock cuja capa não apresenta título, ou sequer o nome do artista, é o primeiro disco dos Rolling Stones (Decca, UK, Abril de 1964).

Aliás, o segundo disco dos Rolling Stones, editado em Janeiro de 1965, segue a mesma linha estética e antecede os citados "Rubber Soul" e "Abbey Road".

Depois de ter lido que "Yesterday" foi a primeira canção Pop-Rock a usar acompanhamento de cordas, não me espanta tamanhas inverdades.

E... primeiro grupo a separar-se?... aahahahahahah!!!

filhote disse...

E, José, o Keith Richards gravou dois excelentes LPs para a Virgin. A saber: "Talk is Cheap"
(1988); "Main Offender"(1992).
São considerados os dois melhores albuns das carreiras solo dos Stones. Eu prefiro os do Charlie Watts. Pela diferença...

Jagger tem boas canções espalhadas pelos 4 discos que gravou.

Bill Wyman ressuscitou com os seus excelentes Rythm Kings.

Ronnie Wood e Mick Taylor, de facto nunca brilharam a solo...

Não esquecendo Brian Jones, autor de dois projectos interessantíssimos: a banda sonora do filme "A Degree of Murder"; o famoso "Pipes of Pan of Joujouka".