terça-feira, 28 de abril de 2009

JOANA VASCONCELOS


Na rua do Alecrim, em Lisboa, mesmo ao chegar ao Cais do Sodré, um prédio em obras teve a feliz ideia de pedir a Joana Vasconcelos uma instalação para a fachada.

Se a ideia germinar, será muito mais interessante passear a pé pelas ruas das cidades e vilas...

9 comentários:

LSO disse...

Fantástico!

daniel bacelar disse...

Eu diria mais!!!!
WONDERFUL!!!

(mas cá entre nós!!!que raio é aquilo??)

Anónimo disse...

o que é uma instalação? é el+ectrica?

gps disse...

Eu pessoalmente não gosto nada

Como alguém disse qualquer dia coloca-se um presunto no meio de uma sala e isso é arte

Sou, no entanto, admirador de algumas obras da Joana Vasconcelos nomeadamente do sapato gigante

ié-ié disse...

Por isso escrevi "instalação" em itálico!

Em 94 fui com o Jorge Pires e um artista estrangeiro (era Lisboa-94), já nem sei quem - irlandês ou escocês -, almoçar acho que na pousada de Palmela.

No pátio interior havia um limoeiro, o tal irlandês/escocês julgava que era uma "instalação"!.

ah! ah! ah!

LT

daniel bacelar disse...

Meus queridos amigos
Desculpem a minha ignorância,ams alguém me pode explicar o que é uma "instalação"???

Muito agradecido

SCP disse...

Será que a JV instalou aquele lixo ali, por falta de espaço em casa!!!

gps disse...

Ouvi dizer que o pai da Joana Vasconcelos é alguém conhecido, mas de momento falha-me a memória~

Alguém ajuda ?

ié-ié disse...

É o fotógrafo Luís Vasconcelos, meu antigo companheiro de trabalho (e de tantos outros) na Lusa.

LT