sexta-feira, 31 de outubro de 2008

MAU GÉNIO, PÉSSIMA ÉTICA


A Mau Génio é uma loja de vinis em segunda mão, sita no Shopping Nevada, na Estrada de Benfica, em Lisboa.

O seu dono - um sujeito mal encarado - compra dezenas e dezenas de LPs a 1 euro na Discolecção e depois vende-os a 5, 10 e mais euros na sua loja.

Não é crime, mas convenhamos... deixa muito a desejar quanto à honorabilidade! Esperteza saloia de portuga...

Sempre valeu mais a pena ir à Discolecção!

10 comentários:

Billy Rider disse...

LPs a 1 euro na Discoleção???
Sou cliente há muitos anos e nunca me apercebi dessas "promoções" do Vítor. Será só prós amigos do peito? Ou será "gralha" do post?

ié-ié disse...

É verdade, Billy Rider. É o que o Vítor chama "low profile", uma carrada de LPS que estão no chão, no lado direito. Mas o tipo da Mau Génio já levou quase tudo...

LT

billy rider disse...

Ah, esses...tou a vê-los...

Anónimo disse...

A Maugénio não vende só vinis. Começou com CDs e depois DVDs. A mesma espeteza saloia se aplica aos CDs que se encontram nas promoções da Worten a preços abaixo de saldo e que depois aparecem na dita cuja loja ao dobro, ou triplo do preço. Chegeuei a comprar lá alguns CDs, mas acabei por desistir. Não alimento "chicos espertos".
ALA

filhote disse...

LPs "low profile", ou a chamada "palhuça", citando o grande Vítor.

Quanto à loja da Estrada de Benfica, não sabia da existência. E vou fingir que nunca fui informado...

Alice Capela disse...

Já frequento há muito tempo esta loja maravilhosa e aprecio-a imenso. Normalmmente tem quase sempre o livro ou dvds que preciso.
Somos sempre bem atendidos.
Aconselho a recorrerem a esta loja que não se arrependerão.
Alice Capela

Anónimo disse...

Era o que faltava! A loja é uma fraude e o seu dono um impostor!

António Potes

Anónimo disse...

Para enterrar o Vítor, o melhor é chamá-lo pelo seu verdadeiro trabalho, de sargento da força aérea. Será que um sargento da força aérea pode fazer o que o Vítor faz?
Mal encarado e mal empregador, segundo as ex-funcionárias, algumas que despediu (uma delas por estar grávida).
Compras são feitas à pressão, algumas (ou as primeiras) nas lojas do Cash Converters (era o primeiro a entrar e com primazia a ver as novidades no armazém). O resto já sabemos: compras a muito baixo preço e lucros acima do razoável.
Não há escroque como o Vítor.
Talvez, o melhor seja visitar a Discoteca Rotação na Parede.

Anónimo disse...

O Vitor é um péssimo comerciante mal educado com a generalidade dos clientes e que acredito, não trata as funcionárias (curiosamente apenas lhe conheci mulheres) como empregadas. Deve ser próprio do "senhor sargento". É um tipo mal encarado, que privilegia alguns capangas em detrimento dos clientes habituais.
Faz lembrar a besta da Carbono, o João que devia estar proibido de ser comerciante, tal é o seu nível.
Não deixa de ser curioso que tenhamos em Lisboa no mercado de segunda mão, sobretudo bimbos carrascos em vez de pessoas com gosto e dedicação à música.
Infelizmente é o que temos. Há muito que deixei de frequentar ambos os "talhos".

Anónimo disse...

A Mau Génio é gerida, se assim lhe posso chamar, por um saloio de nome Vitor, que nada percebe de música a não ser o PREÇO. Igualmente há muito tempo que deixei de frequentar essa espelunca.