terça-feira, 31 de março de 2009

25 ABRIL: O EXÉRCITO


“O Exército ao Serviço de Quem”, trabalho colectivo publicado na “Nouvelle Revue Internationale”, capa de Dorindo Carvalho, Prelo, 1974, 61 págs.

25 ABRIL: INDEPENDÊNCIA NACIONAL


“O 25 de Abril e o Problema da Independência Nacional”, António Borges Coelho, capa de Henrique Ruivo, Seara Nova, 1975, 63 págs.

25 ABRIL: SEGREDOS DA CENSURA


“Os Segredos da Censura”, César Príncipe, capa de José Araújo, Editorial Caminho, 1979, 156 págs, 110$00.

25 ABRIL: DA RESISTÊNCIA À REVOLUÇÃO


“Da Resistência à Revolução”(1963-1965), Miguel Urbano Rodrigues, Edições Avante!, 1975 (Outubro), 226 págs.

25 ABRIL: CAMINHOS


"Caminhos Para Uma Revolução", Jacinto Baptista, capa de José Cândido, Livraria Bertrand, 1975 (Abril), 355 págs, 100$00.

QUEM SÃO?


AQUILA - N-S-77-3 - 1976

Luanda Amiga - Refugiado

Cortesia da Discolecção

PSYCHEDELIA


Há algum tempo - nem sei quando porque a revista também não o revela - a Mojo elegeu o que considera ser as melhores canções psicadélicas britânicas.

Como de costume, só indico as 20 primeiras:

01 - Tomorrow Never Knows - Beatles
02 - Paint It Black - Rolling Stones
03 - Season Of The Witch - Donovan
04 - Making Time - Creation
05 - Happenings Ten Years Time Ago - Yardbirds
06 - I Feel Free - Cream
07 - Strawberry Fields Forever - Beatles
08 - Interstellar Overdrive - Pink Floyd
09 - My Friend Jack - Smoke
10 - Green Circles - Small Faces
11 - Days Of Pearly Spencer - David McWilliams
12 - In Your Tower - Poets
13 - I Can Hear The Grass Grow - Move
14 - Are You Experienced - Jimi Hendrix
15 - Night Of The Long Grass - Troggs
16 - Paper Sun - Traffic
17 - Midsummer Night's Scene - John's Children
18 - Colours Of My Mind - Attack
19 - It's All Too Much - Beatles
20 - Itchycoo Park - Small Faces

SOUNDS ECLECTIC 3


PALM - CD2136 - 2005

It's The Sun (Polyphonic Spree) - Yoshimi Battles The Pink Robots, Pt. 1 (Flaming Lips) - The Blower's Daughter (Damien Rice) - Flying High (Jem) - Amongst Butterflies (Paul Weller) - Go To Sleep (Radiohead) - One Big Holiday (My Morning Jacket) - Mirando De Lado (Kinky) - Untitled (Interpol) - Take Me Out (Franz Ferdinand) - Answer (Sarah McLachlan) - Waitin' For A Superman (Iron & Wine) - Jerusalem (Steve Earl)

Mais um da colecção.

JOSÉ CAMPOS E SOUSA


ORFEU - SINP 13 - 1984

Cidade Mar - Aguarela

MAMA CASS


RCA VICTOR - LSP-4619 - edição norte-americana (1972)

Lado A

I'll Be Home - Baby I'm Yours - Jesus Was A Cross Maker - That Song - When It Doesn't Work Out

Lado B

I'll Be There - Disney Girls - I Think It's Going To Rain Today - Cherries Jubilee - All In The Game

Cortesia de João Pedro Martins

EDMUNDO FALÉ


NM - 05/17/102 - edição portuguesa (1987)

Words (Ronnie Scott) - São Palavras (Edmundo Falé/Ronnie Scott)

Co-fundador dos Ekos, um dos mais expressivos e mal-tratados conjuntos yé-yé portugueses, Edmundo Falé não chegou nunca, porém, a gravar qualquer disco com os seus companheiros, tendo sido substituído por José Luís, o "Cliff do Sarrabuco".

A viver em Cascais, passa depois esporadicamente pelo Conjunto Mistério e pelo Sindicato (Jorge Palma, etc), após o que se dedica mais à actividade profissional como desenhador num atelier.

Mas a música foi mais forte e em 1965 inicia uma carreira a solo, coroada de êxito moderado logo no ano seguinte com a edição do primeiro disco "Eu... Eu Chamei" (TECLA - TE 1004 - 1966), onde é acompanhado pela Orquestra de Jorge Costa Pinto.

A sua profissão de desenhador leva-o no início da década de 70 ao Hotel Viking, em Armação de Pera, então em construção. Logo que concluído o hotel, o padrinho de casamento de Daniel e Fernanda Bacelar, fixa-se no Algarve, permanecendo como disc-jockey no Hotel.

Em 1972, acompanhado pelo Quarteto 1111, edita o seu maior sucesso, "Big Brother Joe" (DECCA - SPN 137 - 1972), que tem também a participação de José Cid na composição, bem como no lado B, "Primeiro Gesto".

E o resto é história...

Numa entrevista recente na Televisão, Edmundo Falé disse que "Words", deste disco, é da autoria de Ronnie Scott.

segunda-feira, 30 de março de 2009

25 ABRIL: 229 DIAS


"O Movimento dos Capitães e o 25 de Abril", Avelino Rodrigues, Cesário Borge e Mário Cardoso, capa de Moreira Rijo, Moraes Editores, 1974, 416 págs.

O CANTO E AS ARMAS


"O Canto e as Armas", Manuel Alegre, capa com foto de Eduardo Gageiro, Nova Realidade, 1967, 150 págs.

25 ABRIL: PRAÇA DA CANÇÃO


“Praça da Canção”, Manuel Alegre, prefácio de Mário Sacramento, capa de Espiga Pinto, Editora Ulisseia, Lisboa, s/d, 65 págs.

25 ABRIL: ABRIL NOS QUARTÉIS DE NOVEMBRO


“Abril Nos Quartéis de Novembro”, Avelino Rodrigues, Cesário Borga e Mário Cardoso, capa de Manuel Vieira, Livraria Bertrand, 1979, 483 págs.

25 ABRIL: DA RESISTÊNCIA


“Da Resistência à Liberdade”, Breve História Poética Ilustrada Acerca da Passagem do Salazarismo à Liberdade, Edição da Secretaria de Estado da Comunicação Social, Abril/Maio 1977, 81 págs.

25 ABRIL: PORTUGAL DEPOIS DE ABRIL


"Portugal Depois de Abril", Avelino Rodrigues, Cesário Borga e Mário Cardoso, editor responsável António dos Reis, 1976, 328 págs, 100$00

À ATENÇÃO DE RATO


PHILIPS - 428 294 PE - edição espanhola (1961)

Todo - Viejo Roble - Inquietud - Una Nueva Melodia

Este EP pertenceu a Matos Maia.

O ÉDEN AINDA ERA ÉDEN


IMAVOX - IM-10232 - s/data

Hino da Carris - Margens do Águeda - Alto Alentejo - O Loyo

O Éden ainda era Éden e os autocarros... laranja!

Ainda há dia da Carris?

O QUE É FEITO DESTES MIÚDOS?


COLUMBIA - 468598 1 - 1991

Lado A

O Mosquito (Le Moustique) - Na Na Na (Nah Neh Nah) - À Beira-Mar (Hawai-Bombay) - Dança Só Comigo (Ritmo De La Noche) - Ela (J'Aime) - Oh! Eh! Hem! Bom! (Oh! He! Hein! Bon!)

Lado B
Mistérios (Sadness Part I) - Balada de Little Joe (Jambalaya) - Que Saudade (Ansiedad) - Rap Português - Dá-me Uma Prenda, Ó Mãe (Hippy Hippy Shake) - Reencontro

Arranjos instrumentais de Mike Sergeant.

PONTE ROMANA SOBRE O TÂMEGA


2 de Maio de 1959

POP CLUBE


A boîte in da Estados Unidos, em Lisboa, abriu em Agosto de 1966.

Chamou-se depois Primorosa e, agora, Sarabanda (anos 2000).

O COWBOY INSOLENTE


RECA VICTOR - 20 052 - edição portuguesa (1972)

Trinity - Um Cowboy e due Ragazze

Um dos mais divertidos filmes que jamais vi.

domingo, 29 de março de 2009

25 ABRIL: POEMAS PARA VASCO


“12 Poemas Para Vasco Gonçalves”, António Ramos Rosa, Armando Silva Carvalho, Casimiro de Brito, Eduardo Olímpio, Egito Gonçalves, Eugénio de Andrade, Gastão Cruz, José Jorge Letria, José Barreiros, José Ferreira Monte, Maria da Graça Varela Cid, Maria Teresa Horta, capa de Armando Alves, Editorial Inova, 1978, 22 págs.

25 ABRIL: IMAGENS


"25 de Abril Imagens”, catálogo do Ciclo de Cinema, Cinemateca Nacional, 1984, 80 págs.

25 ABRIL: SAGRADA ESPERANÇA


“Sagrada Esperança”, Agostinho Neto, capa de António P. Domingues, edição da União dos Escritores Angolanos, Luanda, 1986, 151 págs.

25 ABRIL: DEPOIS DAS REVOLUÇÕES


“Depois das Revoluções - Crónicas de Economia e Política", Mário Murteira, capa de Luís Carrolo, Edições ES, 1986, 324 págs.

25 ABRIL: OPOSIÇÃO DEMOCRÁTICA


“Para Um Dossier da Oposição Democrática”, organização, prefácio e notas de Serafim Ferreira e Arsénio Mota, capa de Alfredo Martins, Nova Realidade, 1969, 285 págs.

LES GUITARES DU DIABLE


PHILIPS - 424.257 PE - edição francesa (s/data)

Fich' Le Camp Jack (Hit The Road Jack) - Danse Le Twist Avec Moi (Dance The Mess Around) - Twistin' USA - The Fly

Repito: trata-se de um dos conjuntos yé-yé franceses que mais aprecio.

Adquirido pelo irmão velho em Lisboa no dia 18 de Abril de 1964.

MARIEMA


PARLOPHONE - LMEP 1199 - s/data

Marujinho - Dizem - O Fado Mora Em Lisboa - Anda Lisboa

AH, POIS, DYLAN NÃO ERA TOLO


A&M - SP-4943 - edição portuguesa (1976)

Lado A

Sweeter For Me - Seabirds - Caruso - Still Waters At Night - Kingdom Of Childhood

Lado B

O Brother! - Time Is Passing Us By - Stephanie's Room - Gulf Winds

Cortesia de João Pedro Martins

TOM JONES


DECCA - P-F 13550 D - edição portuguesa (1974)

Somethin' 'Bout You Baby I Like - Keep A Talkin' 'Bout Love

DE CHORAR POR MAIS...


Toureiros da Golegã, uma especialidade única do Café Central.

sábado, 28 de março de 2009

25 ABRIL: PIDE


“PIDE - A História da Repressão”, coordenação de Alexandre Manuel, Rogério Carapinha e Dias Neves, capa de António Martins, Editora Fundão, 1974 (Junho), 213 págs.

25 ABRIL: A HISTÓRIA DA PIDE


"A História da PIDE", Irene Flunser Pimentel, carpa de Fernando Rochinha Diogo, Círculo de Leitores, 2007, 576 págs.

25 ABRIL: PORTUGUÊS


"Fernando Piteira Santos – Português Cidadão do Século XX", organização e coordenação de Maria António Fiadeiro, Campo das Letras, 2003, 302 págs.

25 ABRIL: MEMÓRIAS DE UM INSPECTOR


"Memórias De Um Inspector da PIDE", Fernando Gouveia, Edições Roger Delraux, 1979, 486 págs, 350$00

25 ABRIL: INSPECTOR DA PIDE


"Biografia de Um Inspector da Pide", Irene Flunser Pimentel, A Esfera dos Livros, 2008, 396 págs

25 ABR: VISTO DA HISTÓRIA


"O 25 de Abril Visto da História", José António Saraiva e Vicente Jorge Silva, capa de José Cândido, Livraria Bertrand, 1976, 256 págs, 100$00.

25 ABRIL: A CRISE DAS DITADURAS


"A Crise das Ditaduras", Nicos Poulantzas, Editorial Presença

JOSÉ AFONSO NA POPLANDIA


POPLANDIA - PS-30.111 - edição castelhana (1974)

Lado A

Rio Largo De Profundis - Era Um Redondo Vocábulo - Nefretite Não Tinha Papeira - Adeus Ó Serra Da Lata - Venham Mais Cinco

Lado B

A Formiga No Carreiro - Que Amor Não Me Engana - Paz Poeta E Pombas - Se Voaras Mais Ao Perto - Gastão Era Perfeito

A fotografia interior (na imagem) é completamente diferente do original lusitano.

A capa deste LP é igual à do single espanhol.

COMPRAR MÚSICA???


Com a devida vénia, surripei da BLITZ o texto em baixo:

Ora vamos lá falar um bocadinho sobre comprar música. Hoje passei na FNAC. Sim, eu sei que a FNAC já por si é uma loja cara. Mas é simultaneamente aquela que tem uma oferta bastante alargada. O que também se paga, como é óbvio. Mas vamos por partes....

Como curiosidade, fui ver o preço de alguns álbuns. Tive o cuidado de ir a algumas secções diferentes e de ver álbuns distintos. Não é estatístico, mas é uma amostra.

O álbum "Ruídos Reais", dos Macacos do Chinês, custa 12,95 €. Aqueles que dizem ser uma pechincha serão aqueles que o ouviram primeiro através da net (como é o meu caso). Para todos os outros, quais as hipóteses de comprarem um álbum de uma banda nova e desconhecida, arriscando a perder 13 € ??

O álbum "Kazoo", dos Clã, custa 11,95 €. É um excelente álbum ?? Completamente !!! A questão é que passaram...12 anos após o seu lançamento ! 12 anos depois, o álbum dos Clã ainda custa 12 € !

O álbum "Kronos", de Cristina Branco, custa 16,95 € . Sim, 17 € . Ah, e tem preço verde, senão custaria 21 € . Obrigadão, FNAC !!!

Já no top de vendas estão os U2. "No Line On The Horizon" custa 15,95 € (outra vez, preço FNAC. Agradeçam senão custaria 21 €...). Sim, o álbum dos U2 custa menos do que o de Cristina Branco e apenas mais 3 € do que o MdC ("FNAC apoia a músic portuguesa!", yeah, right....).

Caros senhores da APF, caro Tozé Brito, caros senhores das cadeias de distribuição: eu, trabalhador durante o dia e melómano de dia e noite, me confesso:

Caso eu ouvisse apenas 4 álbuns num mês e se por acaso quisesse esses 4 álbuns, pagaria cerca de 60 €. Sim, ouviram bem. 60 € ! Pagaria 720 € por ano em música. Ouvindo apenas 4 álbuns por mês (cerca de um por semana)! E arriscando-me a que alguns deles fossem flops. E eu trabalho, meus caros. Eu posso suportar alguma despesa. Mas é óbvio que não tanta.

Agora digam-me, meus caros, conhecem muitas famílias dispostas a pagar 720 €/ano para ouvirem 4 álbuns por mês??? Vocês estariam dispostos a pagar 720 € num ano para ouvir APENAS 4 álbuns?? (Provavelmente a resposta seria "Sim"... Mas já vimos que o vosso gosto pela música é bastante limitado! Citando Tom Cruise em "Jerry McGuire": "SHOW ME THE MOONEEEEYYYY!").

Ora eu não conheço muitas famílias que estejam dispostas a entrar neste jogo! Eu pessoalmente não estou disposto a entrar neste jogo.

E estou muito menos disposto a aceitar demagogias e falsos moralismos de pessoas que não perceberam que a indústria mudou. De pessoas que comparam o roubo de um carro a um download de uma música. De pessoas que sugerem a PRISÃO para estes piratas. Estes piratas são aqueles que promovem os VOSSOS concertos!

São aqueles que disponibilizam a música dos artistas que convidam para os vossos espectáculos (a propósito, acham que o regresso massivo de bandas aos palcos deve-se apenas às "saudadinhas"?? Ou passou a ser a nova meca da indústria?? Ou acham que é apenas o "Top+" que vos enche um "Rock in Rio", um "Alive" ou um "SBSR"??) !! Por isso, hipocrisia, não!!

E muito menos quando na mesma FNAC, posso comprar inúmeros CD-R e DVD-R virgens a preço da chuva!! E quando disponibilizam a Internet com condições espectaculares de velocidade! Porra, porque é que carga de água acham que isto serve, expliquem-me lá??? Já disse e repito: hipocrisia, não!!

Querem que os CD vendam?? Então baixem a merda dos preços!! E isto não se resolve apenas com baixa do IVA. Resolve-se com uma solução combinada da indústria. Com arranjar novas soluções. Que tornem atractiva a compra de álbuns. Eu confesso que adoraria ter alguns álbuns em casa. E pagaria para os ter! Mas há preços que me recuso a pagar!!

E também não sou daqueles que acha que as editoras deveriam acabar e tudo o mais. Não. Reconheço o papel importante das editoras ao nível da triagem e da possibilidade e capacidade de mostrar o trabalho dos músicos.

Mas não papo histórias! Nem "virgens ofendidas". Querem de novo o público a comprar discos? Então não o culpem como andam a fazer há anos! É o público que vos suporta e não é "prendendo" nem "cortando a net" que vão resolver o vosso problema!

Tenho dito!!

RobertNaja, na BLITZ

LP RETIRADO DO MERCADO


ARIOLA - PA 10071 - 1991

Trindades - Sim Ou Não - Vielas de Alfama - O Amor É Louco - Fado Ao Vento - Porto Sentido - Sete Colinas - Vila Nova de Mil Fontes - A Mariquinhas Vai À Fonte - O Fim

Este LP, produzido por Fernando Júdice e com a participação de Edmundo Silva, no baixo, e de Rui Veloso (harmónica) em "Vielas de Alfama", de Max, foi retirado do mercado por falta de autorização precisamente de uma composição de Rui Veloso e de Carlos Tê, "Porto Sentido".

aqui tinha dado conta de outro caso semelhante.

JAMES LAST PLAYS BEATLES


POLYDOR - 815 691-1 - edição portuguesa (1983)

Lado A

Eleanor Rigby - A Hard Day's Night - Let It Be - Penny Lane - She Loves You - Michèlle

Lado B

Ob-La-Di, Ob-La-Da - Hey Jude - Lady Madonna - All You Need Is Love - Nowegian Wood - Yesterday

35 ANOS: 28 DE MARÇO


Na sua última "Conversa Em Família", há 35 anos, o Presidente do Conselho de Ministros, Marcello Caetano, parecendo adivinhar o fim, afirma:

Fica-me a tranquilidade de ter sempre procurado cumprir rectamente o meu dever para com o País.

DANIEL'S HANDS


Um pequeno grupo de guedelhudos grisalhos, entre os quais Daniel Bacelar e Paulo Marques, escapuliu-se esta noite até à Golegã para ouvir uns faduchos e comer e beber bem, como aliás indicam os dedos do intérprete de Marcianita.

Sob a batuta de Zé Abreu, eficaz anfitrião do Café Central, a noite passou-se a correr, mas ainda deu para ouvir as belas vozes de Ana Sofia Varela, Paula Varela Cid e Francisco Sobral, entre outros, excelentemente acompanhados por uma guitarra, uma viola e um contrabaixo.

Um pormenor - atenção! - que não é de desmerecer: se forem à Golegã, mormente ao Café Central, façam o favor de provar os toureiros. Uma delícia...

sexta-feira, 27 de março de 2009

25 ABRIL: POEMABRIL


"Poemabril”, coordenação de Carlos Loures e Manuel Simões, capa de Guy Ferreira, Nova Realidade, 1984, 194 págs, 350$00.

25 ABRIL: DE COMO UM GOLPE


“De Como Um Golpe Militar Pode Começar Um Processo Revolucionário Ou a História de Portugal Que Nós Escrevemos Hoje”, Sérgio Ribeiro, capa de Dorindo Carvalho, Prelo, 1975 (Junho), 53 págs, 25$00.

25 ABRIL: A TARDE DOS GENERAIS


“A Tarde Dos Generais”, tenente-coronel Luís Ataíde Banazol, capa de Dorindo de Carvalho, Prelo, 1975 (Março), 99 págs.

25 ABRIL: GUINÉ-BISSAU


“Guiné-Bissau - Três Vezes Vinte Cinco”, tenente-coronel Luís Ataíde Banazol, capa de Dorindo Carvalho, Prelo, 1974 (Agosto), 94 págs.