quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

ILHA NUA


OFIR - AM 4.066 - 1965

O lado A deste EP é preenchido por temas do filme nipónico "Ilha Nua", de Kaneto Shindo, "Passeio" e "Tema de Água", enquanto o lado B contém "Crepúsculo" e "Sons de Carrilhões".

3 comentários:

OF disse...

Após googlar:

Um belo filme que poucos brasileiros (e portugueses) viram:

A ilha nua, do diretor japonês Kaneto Shindo, prêmio de melhor filme no Festival de Moscou (1961). Apenas imagens e música. Trata-se de grande cinema. E no grande cinema palavras não são necessárias. A história é o quotidiano de uma família de pescadores de uma pequena ilha do arquipélago de Setonakai. A ilha não tem água e todos os dias o chefe de família é obrigado a fazer uma travessia de barco para abastecer a casa. Esforço desmedido e resignação, imagens belíssimas e a maestria do grande cinema japonês. Se um dia chegar até nós o DVD desse filme, confiram...

Fonte: http://ruadopadreingles.blogspot.com/2007/05/ilha-nua-um-belo-filme-que-poucos.html

gps disse...

houve atualização do post ?

ié-ié disse...

sim, sim, gps sagaz...

LT