quarta-feira, 26 de maio de 2010

ARY DOS SANTOS NO ZIP


Ary dos Santos participou no Zip-Zip no dia 11 de Agosto de 1969.

Ary dos Santos, com um pouco de propaganda a Amália Rodrigues à mistura num estilo muito convencional e seguro de si, recitou (e convenhamos que não mal de todo) alguns dos seus poemas e explicou quais as razões por que a sua poesia não está traduzida.

Falou também nos inconvenientes de traduzir poesia e nas vantagens de um poeta fazer versos para canções. Tudo muito convencional.

"Diário Popular", 10 de Agosto de 1969

1 comentário:

Rato disse...

É no mínimo estranho a ênfase do texto na palavra "convencional". Goste-se ou não, Ary foi tudo menos convencional.